Ly Sabas

Basta de poemas para depois... (Mário Quintana)

Textos


Êpa-hei Oyá !
 
 
Tenho o riso largo e farto
O riso que ilumina o ori
E mantém o odu equilibrado
 
Tenho o riso no olhar e coração
O riso que fervilha o sangue
Feito dendê em ebulição
 
Tenho o riso no revoluteio
Da prece canção yorubá
 
O riso que deságua em emoção
Ao som metálico do adjá
 
Olá, jovial e alegre Oyá!
 
 
 
 
Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 20/12/2009
Alterado em 20/12/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras