Ly Sabas

Basta de poemas para depois... (Mário Quintana)

Textos


Ficou o amor


Aquele especial, incondicional pela poesia
não importando se apenas rascunho é,
ou verso branco de rimas perdidas
em sentimentos que não se completam.

Ficou a emoção, encravada na garganta
não importando se amarga e tanta,
que teima em regurgitar.

Ah, poesia tem refrigério próprio,
não embolora jamais!
Amadurece no tempo métrico de haicais
metamorfoseados em sonetos dissonantes.

Ah, Poeta, ficou a luz e a música
em nossas veias.




 
Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 30/08/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras