Ly Sabas

Basta de poemas para depois... (Mário Quintana)

Textos


Calmaria


Minha poesia está de férias;
insegura, ela hiberna.
Suspensas,
as emoções,
em recanto da alma se recolhem.
Esperam um não sei o quê de sentimentos,
de rimas ricas,
de inspiração divina.
Quieta,
nunca serena,
minha poesia balbucia promessas incompletas...





Imagem : arquivo particular
Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 15/01/2012
Alterado em 15/01/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras