Ly Sabas

Basta de poemas para depois... (Mário Quintana)

Textos


Belas

Para a doce Ana Lua e Amanda


Belas, como bela é a luz que
ilumina o olhar de sabedoria
de uma e de inocência da outra.

Belas, como a ternura que emana
do aconchego de uma
e da confiança da outra.

Belas, como o amor incondicional
que germina do âmago de uma
e da esperança da outra.

Belas, como sempre belo
é o encontro de almas afins
que seguem juntas através da eternidade.




Imagem : Arquivo particular de Amanda Tinôco
Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 24/09/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras