Ly Sabas

Basta de poemas para depois... (Mário Quintana)

Textos


Balé da despedida
 
Hoje bailo assim,
Com o espantalho que um dia foi meu coração
Bailo...
E deixo que o vento e os corvos
Devorem meus sentimentos
Impulsionando o ritmo forte da canção
Não quero deles
Nada que amordace meus movimentos
Quero sentir a alma leve
Nos membros o pulsar da vida
Quero um roçar de desejo sob a pele
E para a angústia ofereço o balé da despedida
Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 15/03/2015
Alterado em 15/03/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras