Ly Sabas

Basta de poemas para depois... (Mário Quintana)

Textos


Renascer - versão Vilancete


Depois que tu partiste,
mergulhei meu cansaço
em outro abraço...



Quando deixei a tua estrada,
recuperei a minha verdade
sufocando a dor, na madrugada.
Mesmo envergando a saudade,
despi-me da falsidade
e de todo o mal que resiste,
depois que tu partiste.

Em hora incerta,
meus anseios gritei ao vento
até me sentir liberta.
Sem nenhum constrangimento,
em busca de alento,
mergulhei meu cansaço
em outro abraço...

 
Ly Sabas
Enviado por Ly Sabas em 23/05/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras